Versões anteriores do catálogo Mapa da Ciência do Rio de Janeiro foram organizadas pela Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - FAPERJ, nos anos 1999, 2001 e 2004. No último Mapa, de 2004, as instituições contempladas no catálogo foram apresentadas em ordem alfabética e com base em sua localização territorial, a partir da seguinte divisão: Mapa 01- Estado do Rio de Janeiro, Mapa 02 - Cidade do Rio de Janeiro e Mapa 03 - Centro da Cidade do Rio de Janeiro.

Na nova versão do Mapa da Ciência, lançada neste ano de 2014, também organizada pela FAPERJ, com o apoio da Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro - CEPERJ, mantivemos alguns critérios adotados anteriormente e incorporamos outros, conforme detalhamento a seguir.


Levantamento e catalogação das instituições

Para o levantamento das instituições que integram o novo catálogo adotou-se, basicamente, dois critérios: tipo de instituição e localização territorial.

Com relação ao tipo de instituição, definimos sete tipos de instituições científicas, culturais e artísticas, que são: Arquivos; Bibliotecas; Centros Culturais; Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos; Instituições Científicas e Tecnológicas; Instituições de Ensino e Pesquisa; e Museus.

No item Arquivos foram incluídos todos aqueles reconhecidos pelo Conselho Nacional de Arquivos – Conarq.

No que se refere às Bibliotecas, utilizamos como fonte o catálogo Mapa da Cultura do Estado do Rio de Janeiro, organizado pela Secretaria de Estado de Cultura, no ano de 2012. Do total de bibliotecas existentes nesse Mapa, selecionamos as que possuem acervo com volume igual ou superior a 20 mil obras.

Para o item Centros Culturais, utilizamos como fonte privilegiada também o Mapa da Cultura do Estado do Rio de Janeiro, nele selecionando centros culturais que possuem arquivo, biblioteca ou museu.

No caso das Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos, incluímos os que participam da Rede de Incubadoras, Polos e Parques Tecnológicos do Rio de Janeiro – ReINC.

Todas as Instituições Científicas e Tecnológicas localizadas no Estado do Rio de Janeiro e reconhecidas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação entraram na nova versão do Mapa da Ciência.

No item Instituições de Ensino e Pesquisa, incluímos todas as universidades e centros universitários reconhecidos pelo Ministério da Educação. A apresentação dessas instituições foi organizada com base na localização de sua administração central. Informamos ainda os programas de Mestrado e Doutorado existentes nessas instituições, por área de conhecimento. Apresentamos individualmente os programas de Mestrado e Doutorado que estão localizados de forma isolada, aqueles com características interdisciplinares e os hospitais universitários que abrigam programas de Pós-Graduação Stricto Sensu.

Com relação aos Museus, foram selecionados todos os que se localizam no Estado do Rio de Janeiro, reconhecidos pelo Instituto Brasileiro de Museus – IBRAM, pela Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro – FUNARJ ou constantes do Mapa da Cultura do Rio de Janeiro.

Do ponto de vista territorial, as instituições foram agrupadas em oito mapas. Os primeiros quatro mapas abrangem as instituições localizadas na cidade do Rio de Janeiro, nas cinco Áreas de Planejamento da Cidade, conforme critério da Prefeitura do Rio de Janeiro:

Mapa 1 - Instituições localizadas na Área de Planejamento 1 (AP-1), que inclui as Regiões Administrativas da Zona Portuária, Centro, Rio Comprido, São Cristóvão, Paquetá e Santa Teresa.

Mapa 2 - Instituições localizadas na Área de Planejamento 2 (AP-2), que inclui as Regiões Administrativas de Botafogo, Copacabana, Lagoa, Tijuca, Vila Isabel e Rocinha.

Mapa 3 - Instituições localizadas na Área de Planejamento 3 (AP-3), que inclui as Regiões Administrativas de Ramos, Penha, Vigário Geral, Inhaúma, Méier, Irajá, Madureira, Ilha do Governador, Anchieta, Pavuna, Jacarezinho, Complexo do Alemão e Maré.

Mapa 4 - Instituições localizadas nas Áreas de Planejamento 4 e 5 (AP-4 e AP-5), por existir um menor número de instituições nessas regiões. A AP-4 inclui as Regiões Administrativas de Jacarepaguá, Barra da Tijuca e Cidade de Deus e a AP-5 inclui as Regiões Administrativas de Bangu, Campo Grande, Santa Cruz, Guaratiba e Realengo.

Para o restante do Estado, agrupamos as instituições por Região de Governo, conforme critério da Fundação CEPERJ, em quatro mapas, levando em consideração a proximidade geográfica das regiões e o número de instituições existentes. Sendo assim, foi definido o seguinte agrupamento de instituições:

Mapa 5 - Região Metropolitana, incluindo os municípios de Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, São Gonçalo, São João de Meriti, Seropédica e Tanguá.

Mapa 6 - Região Serrana, incluindo os municípios de Bom Jardim, Cantagalo, Carmo, Cordeiro, Duas Barras, Macuco, Nova Friburgo, Petrópolis, Santa Maria Madalena, São José do Vale do Rio Preto, São Sebastião do Alto, Sumidouro, Teresópolis e Trajano de Morais; e Região das Baixadas Litorâneas, incluindo os municípios de Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Cachoeiras de Macacu, Casimiro de Abreu, Iguaba Grande, Rio Bonito, Rio das Ostras, São Pedro da Aldeia, Saquarema e Silva Jardim.

Mapa 7 - Região do Médio Paraíba, incluindo os municípios de Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Rio das Flores, Valença e Volta Redonda; Região da Costa Verde, incluindo os municípios de Areal, Comendador Levy Gasparian, Engenheiro Paulo de Frontin, Mendes, Miguel Pereira, Paraíba do Sul, Paty do Alferes, Sapucaia, Três Rios e Vassouras; e Região Centro Sul Fluminense, incluindo os municípios de Angra dos Reis, Mangaratiba e Parati.

Mapa 8 - Região Norte Fluminense, incluindo os municípios de Campos dos Goytacazes, Carapebus, Cardoso Moreira, Conceição de Macabu, Macaé, Quissamã, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana e São João da Barra; e Região Noroeste Fluminense, incluindo os municípios de Aperibé, Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Italva, Itaocara, Itaperuna, Laje do Muriaé, Miracema, Natividade, Porciúncula, Santo Antônio de Pádua, São José de Ubá e Varre-Sai.